Ladrão entra na Justiça contra a vítima por assalto malsucedido


“Um deboche” e “uma afronta ao Judiciário”. Assim o juiz Jayme Silvestre Corrêa Camargo, da 2ª Vara Criminal de Belo Horizonte, considerou o ato de um ladrão que apresentou uma queixa-crime contra o dono de uma padaria, após se sentir lesado durante uma tentativa de assalto frustrada ao estabelecimento.

Para mover a ação, o assaltante alegou que “a ninguém é dado o direito de fazer justiça com as próprias mãos” e disse que foi intimidado pela vítima durante o crime.

O juiz rejeitou a queixa-crime por considerar que o comerciante agiu em legítima defesa e disse que não percebeu nenhum excesso por parte da vítima, que “teria apenas buscado garantir a integridade física de sua funcionária e, por desdobramento, seu próprio patrimônio”, concluiu.

A decisão foi tomada em 1ª Instância e, caso o assaltante deseje, ele ainda poderá pedir recurso.

Isso é uma prova de que o nosso código penal precisa ser reformulado! O ladrão achou brecha na própria lei a seu favor! Isso é um absurdo! Absurdo maior é o advogado aceitar uma causa dessas!!!

Fonte:uai

0 comentários:

Assista meu canal musical no Youtube!

Traduza textos on-line aqui!

Pesquisa Google !

Filosofia do Conhecimento é um site licenciado pela Creative Commons !

Creative Commons License
Filosofia do Conhecimento esta licenciada sobre a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial 2.5 Brasil License.

Meu cubo 3D !


 
© 2008 Modificado por Danibyo�